Início São José dos Campos Sistema de Ensino Poliedro apoia mais de mil alunos de baixa renda...

Sistema de Ensino Poliedro apoia mais de mil alunos de baixa renda que buscam a aprovação nas principais universidades do Brasil

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

A instituição apoia seis cursinhos solidários, entre eles o Cursinho Popular de Medicina – USP de Ribeirão Preto

Com o objetivo de preparar estudantes menos favorecidos economicamente para os principais vestibulares do país e amenizar o gap educacional brasileiro, o Sistema de Ensino Poliedro apoia, atualmente, seis cursinhos solidários em diferentes cidades de São Paulo. Ao todo, são 1.150 jovens beneficiados. Entre esses cursinhos estão o Madre Teresa e o CASD, na cidade de São José dos Campos; MedEnsina – USP e Quantum – Einstein, na cidade de São Paulo; Cursinho Popular de Medicina – USP de Ribeirão Preto e Cursinho Popular Zilda Arns – Unicamp, de Campinas.

Com a parceria, os alunos recebem todo o material didático necessário, garantem acesso aos eventos do Poliedro, participam de simulados e obtém consultorias pedagógicas que indicam as melhores rotinas de estudos para que alcancem seus objetivos. Já o cursinho passa a contar com o apoio dos consultores do Poliedro, que analisam os resultados conquistados nos exames para traçar as melhores estratégias educacionais, elaboradas para a potencialização do desempenho dos estudantes. A iniciativa visa a contribuir para a transformação de um cenário em que a desigualdade educacional é marcante: segundo relatório do IBGE, apenas 36% dos alunos que completaram o ensino médio na rede pública entraram numa faculdade.

Publicidade
(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

O diretor pedagógico do Sistema Poliedro, Alberto Serra, explica que a parceria entre os cursinhos e o Sistema leva em consideração a compatibilidade de perfil do projeto com a instituição, os resultados obtidos e o potencial. “Às vezes, o que falta para que um estudante alcance seus objetivos é um apoio reforçado e um maior incentivo. Por isso, a iniciativa oferece todas as ferramentas e o aparato psicológico e educacional necessário para que o aluno conquiste a vaga desejada. Temos muitos alunos brilhantes e esforçados, que só precisam de suporte para preencher algumas lacunas e se desenvolverem. Os resultados das instituições apoiadas deixam claro que o esforço vale a pena”, completa.

Em 2020, os cursinhos apoiados pelo Sistema Poliedro conquistaram 409 aprovações em vestibulares. O Cursinho CASD de São José dos Campos foi o que mais aprovou, somando 214 vagas. Já os Cursinhos Populares de Medicina conquistaram, juntos, 195 aprovações no mesmo ano, garantindo alunos em 13 das principais faculdades públicas e privadas do Brasil, como USP, UNESP, UNIFESP, UNICAMP, PUC – MG, UFSC, UFSCAR, entre outras.

Suporte para a realização de um sonho

O apoio do Poliedro aos cursinhos foi transformador para vida de muitos alunos, como é o caso da Amanda Tavares, ex-aluna do CASD e aprovada para o curso de Serviço Social na Universidade Estadual de Minas Gerais, em 2019. “Estudei todos os anos em escola pública e sempre tive o sonho de entrar em uma universidade de qualidade e gratuita para, futuramente, atuar como Assistente Social. O Sistema Poliedro foi de suma importância para conquistar meus objetivos. Os professores seguiam o material que era oferecido, com exercícios ótimos para o treino, e conseguíamos ter muita base com as ferramentas virtuais e físicas disponibilizadas”, diz a estudante.

“Acredito que parcerias como a do CASD e do Poliedro tenham uma importância gigantesca, além de uma responsabilidade social relevante. Mais que um apoio, a iniciativa também represente a oportunidade de estudo a adolescentes, assim como eu, de renda baixa, que não teriam a oportunidade e o respaldo financeiro de pagar um cursinho pré-vestibular da qualidade do Poliedro. Além de todo o apoio pedagógico do CASD, com professores mais que excelentes, temos também o acesso a todos os recursos necessários para a nossa trajetória enquanto vestibulandos”, afirma Amanda Tavares.

Sulamita Hadassa, de 17 anos, também segue sua jornada, no CASD, para conquistar a vaga sonhada na faculdade. Era bolsista de uma escola particular, que também utilizava o Sistema Poliedro. “Já estava acostumada com os materiais didáticos. Sempre achei o conteúdo muito bom. Quero cursar Medicina na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, um sonho que carrego desde criança. Sentir que posso salvar ou ajudar alguém é uma realização, uma meta. No entanto, sabemos que a concorrência é grande. Então é importante ter uma base educacional reforçada, que a parceria entre as instituições nos proporciona”.

Para Hadassa, o que mais chama a atenção é a proximidade entre os simulados oferecidos e os vestibulares originais. “São muito parecidos! Também gosto muito da diversidade de ferramentas e, inclusive, conteúdos virtuais aos quais temos acesso. Com certeza, o Sistema Poliedro tem agregado muito para o CASD”.

“O apoio que recebemos é muito importante para viabilizar um reforço para estudantes que podem não ter tido uma educação básica de tanta qualidade. O Poliedro está abrindo portas para que pessoas com menos poder aquisitivo, que não têm condições de pagar por cursinhos tão caros, conquistem o que tanto sonharam e deem início às suas carreiras. A parceria é excepcional e tenho certeza de que gerará ainda mais resultados positivos”, conclui a estudante.

Sobre o Sistema de Ensino Poliedro

Desde 2001, o Sistema de Ensino Poliedro tem a meta de oferecer a melhor experiência educacional a escolas em todo o Brasil. Originalmente adotado nos cursos Pré-Vestibular do Poliedro, reconhecidos pelo alto índice de aprovações nas melhores universidades do País, o Sistema expandiu-se para o Ensino Médio, Ensino Fundamental – Anos Iniciais e Anos Finais e Educação Infantil, abrangendo, assim, toda a vida escolar do aluno. Atualmente, conta com mais de 450 instituições de ensino e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.  

Ao promover uma educação de excelência, o Sistema de Ensino Poliedro obteve 7.407 aprovações em 117 das 128 instituições que utilizam o Sistema de Seleção Unificada (SISU) em 2019. Do total, 752 estudantes foram aprovados em 1º lugar.

Para saber mais a respeito do Sistema Poliedro, acesse: http://www.sistemapoliedro.com.br