Início Variedades Mulheres do SAMU se dedicam diariamente a salvar vidas na região

Mulheres do SAMU se dedicam diariamente a salvar vidas na região

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

A equipe conta com 41 mulheres que atuam no resgate de pacientes em São José, Jacareí, Caçapava, Jambeiro, Igaratá, Santa Branca e Paraibuna

Em um mercado que até pouco tempo era formado em sua grande maioria por homens, o SAMU tem feito história com uma equipe feminina atuando diretamente no resgate de pacientes em sete cidades do Alto Vale do Paraíba.

“Sempre foi um sonho meu, atuar no resgate de vítimas, mas eu nunca achei que conseguiria, porque era muito difícil ver mulheres nessas funções. O SAMU está fazendo história”, contou a técnica em enfermagem, Renata Moraes, que há 4 anos na instituição, trabalha diariamente atendendo ocorrências diversas, como acidentes de trânsito, paradas cardíacas, infartos, AVC’s e outros incidentes.

Publicidade
(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Atualmente, são 41 mulheres que trabalham no SAMU nas funções de atividades administrativas e operacionais, na central de regulação médica e nos setores de apoio à instituição e diretamente nas ambulâncias e nos resgates às pessoas.

São realizados em torno de 12 resgates por turno de trabalho em cada equipe e grande parte deste trabalho, tem a dedicação feminina.

SAMU no Alto Vale

São 16 bases descentralizadas com um total de 19 viaturas que atuam 24 horas em 7 cidades da região: São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Jambeiro, Igaratá, Santa Branca e Paraibuna (inaugurará em 07/03).

“Trabalhar no SAMU significa a oportunidade de prestar serviço de excelência em um cenário crítico, onde a capacidade de resolução e intervenção é muito grande. Além disso, o SAMU também tem uma função educativa, de acrescentar conhecimento para sociedade, e isso é muito desafiador”, contou enfermeira e supervisora de educação continuada, Rita Duarte.