Início Polícia Cinco mulheres são flagradas com drogas no corpo em presídios da região

Cinco mulheres são flagradas com drogas no corpo em presídios da região

Foto: Divulgação/SAP

Cinco mulheres foram barradas com entorpecentes na portaria de unidades prisionais do Vale do Paraíba. Os flagrantes aconteceram no final de semana, dias 29 de fevereiro e 1º de março, em Caraguatatuba, Potim, Taubaté e Tremembé. De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), foram apreendidos mais de 435 gramas de drogas com as visitantes.

No Litoral Norte, o Centro de Detenção Provisória “Dr. José Eduardo Mariz de Oliveira”, o CDP de Caraguatatuba, registrou duas ocorrências com companheiras de detentos do presídio no sábado, dia 29 de fevereiro. O primeiro caso aconteceu com uma jovem de 19 anos, que foi surpreendida com drogas dentro do corpo ao ser revistada por meio de escaneamento corporal. A suspeita trazia um invólucro com 81 gramas de maconha e 41 gramas de cocaína na vagina.

Publicidade
Foto: Divulgação/SAP

Pouco mais tarde, os agentes barraram uma segunda visitante que carregava um invólucro com 128 gramas de maconha e 25 gramas de cocaína no órgão genital. A mulher, de 30 anos, também foi flagrada ao ser revistada com a ajuda do bodyscanner. Ambas retiraram o material espontaneamente, em local reservado, após admitirem a infração.

Foto: Divulgação/SAP

No dia seguinte, agentes da Penitenciária “Dr. Tarcizo Leonce Pinheiro Cintra”, a P1 de Tremembé, observaram um objeto estranho na região pélvica de uma jovem de 21 anos, que pretendia entrar na unidade prisional. Depois de analisarem as imagens geradas pelo escâner corporal, as servidoras questionaram a visitante, que admitiu carregava 58 gramas de maconha envoltos em fita adesiva que trazia na vagina. A suspeita está cadastrada como companheira de um interno do presídio.

MÃES

Ainda no domingo, duas mães de detentos foram barradas com entorpecentes em estabelecimentos penais da região. Os episódios ocorreram em Potim e em Taubaté.

Foto: Divulgação/SAP

No início da tarde, uma mulher de 44 anos foi flagrada com 40 gramas de maconha escondidas entre as nádegas no CDP “Dr. Félix Nobre de Campos” de Taubaté. Na Penitenciária 2 de Potim, uma visitante de 43 anos carregava um invólucro com 62,6 gramas de maconha no ânus. Ambas pretendiam entregar os entorpecentes a seus filhos, que cumprem pena nos presídios.

PROCEDIMENTOS

As cinco visitantes foram encaminhadas para Delegacia de Polícia, onde foram lavrados os Boletins de Ocorrência, e tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. As direções das unidades prisionais enviaram comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório.