Início Pindamonhangaba Pinda recebe caminhão-laboratório da EDP com atividades para cerca de 3.400 alunos...

Pinda recebe caminhão-laboratório da EDP com atividades para cerca de 3.400 alunos da cidade

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Até 29 de novembro, mais cerca de 3.400 alunos da rede pública de ensino de Suzano participarão das atividades do caminhão-laboratório do projeto Boa Energia nas Escolas, da EDP, distribuidora de energia do Vale do Paraíba. A iniciativa trabalha conceitos sobre a utilização segura e eficiente da eletricidade de forma lúdica e divertida com estudantes da cidade.

No caminhão-laboratório, os alunos vivenciam uma série de experimentos, aprendendo na prática temas como a preservação dos recursos naturais, os tipos de geração de energia, segurança com pipas e rede elétrica e sobre como melhor usar equipamentos elétricos dentro de casa.

Publicidade

Após a visita ao caminhão, os participantes recebem um kit com história em quadrinhos, adesivos com dicas de economia de energia e uma miniatura do caminhão da Boa Energia para poder ser montada em sala de aula. Para que o conteúdo seja trabalhado de forma ampla, 79 educadores dos colégios contemplados passaram por um curso de capacitação de 40 horas/aula, recebendo orientações sobre formas de abordar os assuntos no ambiente escolar.

O projeto, que faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE) da empresa, utiliza a metodologia PROCEL Educação e é regulado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). O projeto Boa Energia nas Escolas beneficiará mais de 120 mil alunos de escolas municipais no ciclo 2018/2019, em toda a área de concessão da EDP em São Paulo.

Confira as atividades que o caminhão-laboratório oferece:

Painel interativo e casa de consumo – um painel com os principais cômodos e equipamentos eletrodomésticos, que simulam o consumo de uma residência;

Gerador de Van der Graff – produz o efeito de arrepiar os cabelos de quem tocar na cúpula isolada da terra, pois o cabelo fica eletrizado com cargas da mesma polaridade, que consequentemente se repelem;

Condutores e Isolantes – mostra que o caminho em um circuito elétrico não precisa ser todo metálico, pois há outros materiais que também permitem a passagem da corrente elétrica;

Globo de Plasma – experimento que mostra como uma pessoa passa a ser um condutor elétrico;

Teste de Nervos – o grande desafio é completar o trajeto sem tocar no fio. Ao tocar a argola no fio, fecha-se o circuito, acionando uma luz e uma campainha;

Gerador Manual – o estudante pedala uma bicicleta ergométrica que transforma a energia mecânica em energia elétrica. A energia produzida acende lâmpadas de LED;

Placa de Energia Solar – a célula fotovoltaica capta energia solar, que é transformada em energia elétrica. A energia produzida gira o disco colorido, conhecido como disco de Newton, que, ao girar, produz um efeito visual;

Semáforo das Bandeiras Tarifárias – Bandeiras Tarifárias são sinalizadas por meio de um semáforo para facilitar o entendimento dos visitantes, além de indicar qual a bandeira do mês vigente.

Escolas participantes – Pindamonhangaba

E.M. Prof. Odete Corrêa Madureira

E.M. Arthur de Andrade

E.M. Abdias Júnior Santiago e Silva

E.M. Profª Julieta Reale Vieira

E.M. DR. Francisco de Assis César

E.M. Profª Yvone Apparecida Arantes Corrêa

E.M. Prof. Joaquim Pereira da Silva

E.M. José Gonçalves da Silva – Seu Juquinha

E.M. Prof. Lauro Vicente de Azevedo

E.M. Vito Ardito

EM. Profª. Regina Célia Madureira de S. Lima

E.M. Prof. Alexandre Machado Salgado

EMEI Durvalino dos Santos