Início São José dos Campos Alunos do Cephas têm aprendizado na obra do Arco

Alunos do Cephas têm aprendizado na obra do Arco

Claudio Vieira/PMSJC

“A vivência no dia a dia de obras é uma experiência muito rica. Vir aqui conhecer o Arco da Inovação era o que a gente mais esperava. Isso fica para a história, tirei fotos para, futuramente, lembrar que estive aqui”, afirmou Caroline Glória dos Santos Dias, 30 anos, durante visita feita com colegas e professora do técnico em Edificações do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) à obra da ponte estaiada, no Colinas (região oeste).

Para o grupo de alunos, a manhã desta terça-feira (12) foi repleta de descobertas e aprendizados. As visitas técnicas acontecem periodicamente, compõem a grade curricular dos cursos técnicos e ampliam a visão do mundo profissional e a bagagem de conhecimento dos alunos.

Publicidade

“Poder entrar no canteiro e ver tudo de perto é uma satisfação imensa”, destacou Caroline.

Após orientações sobre o projeto do Arco, eles tiraram dúvidas e fizeram um tour pela obra, com acompanhamento de equipe técnica responsável. A grandiosidade da construção impressionou os estudantes, que aproveitaram para registrar tudo e tirar ‘selfs’ com os celulares.

Experiência prática

Segundo a professora do curso, Maria Emília Tamborindeguy, as aulas diferenciadas aproximam a realidade profissional dos estudantes.

“Essa experiência é muito importante, pois desde o momento em que pisam no canteiro de obras, os alunos já assimilam muitos aprendizados, sobre segurança e técnicas. É um conhecimento insubstituível. Além disso, eles conhecem obras da cidade que são ligadas a profissão que escolheram”, disse.

Claudio Vieira/PMSJC

“Espero começar a trabalhar na área antes de concluir o curso e fazer faculdade para trabalhar com construção civil”, disse Caroline.

Peterson Vinicius Roncoleta, 18 anos, recentemente foi contratado como estagiário em uma empresa de informática que desenvolve softwares para programas de engenharia e construção civil.

“Escolhi o curso de Edificações porque percebi que dava uma base importante para o mercado de trabalho. A aula aqui hoje nos mostra métodos e técnicas e uma obra de destaque para o desenvolvimento da cidade. Ver na prática dá mais ‘gosto’ para o trabalho. Quero crescer na área e cursar engenharia”, contou.

A Obra

Com 57% do cronograma físico executado, os serviços seguem também na elevação do arco, que já atingiu 63,20 metros de altura. Paralelamente as equipes estão executando a concretagem da laje e o alargamento de via.

Todas as frentes de trabalho no entorno da rotatória do Colinas interferem nas condições de trânsito da região, especialmente nos horários de pico. Por isso, é recomendável a utilização das rotas alternativas, principalmente para quem utiliza o local como passagem.

Futura travessia entre as avenidas Jorge Zarur, São João e Cassiano Ricardo, o Arco da Inovação vai ligar as regiões centro e oeste e desafogar o trânsito no principal ponto de congestionamento da cidade. Motoristas e passageiros do transporte coletivo serão beneficiados. Mais de 60 mil trabalhadores passam pelo trecho em 1.246 viagens de ônibus todos os dias.