Início Aparecida Preparativos para Festa da Padroeira chegam na reta final

Preparativos para Festa da Padroeira chegam na reta final

(Foto: Thiago Leon/divulgação)

Faltando uma semana para o início da Novena e Festa da Padroeira do Brasil, os preparativos no Santuário Nacional de Aparecida (SP) estão em ritmo acelerado. As equipes de trabalho se empenham em acertar os últimos detalhes para a acolhida dos mais de 340 mil fiéis que devem passar pela segunda maior Basílica do mundo de 03 a 12 de outubro, período das festividades em louvor a Nossa Senhora Aparecida.

“A expectativa para a participação nas comemorações é sempre muito positiva. Sobretudo nos últimos anos, temos visto um crescimento muito grande de participação de romeiros na Festa de Aparecida. Isso, para todos nós, é motivo de grande alegria e entusiasmo, até porque a acolhida e a evangelização são dois pilares fundamentais do nosso Santuário”, explica o reitor da Basílica Nacional, padre Eduardo Catalfo.

Publicidade

Só no dia da Padroeira, 12 de outubro, são aguardados 170 mil peregrinos. O número corresponde ao total esperado para o período da Novena, de 03 a 11. Já no fim de semana de comemorações, 12 e 13, a expectativa é de que 235 mil devotos visitem a “Capital Mariana da Fé”.

Acolhida aos peregrinos – Parte deste número chega ao Santuário a pé, percorrendo diversas rotas criadas para este tipo de manifestação de fé. Para a acolhida destes peregrinos, a partir de segunda-feira (30) se inicia a montagem de uma tenda que oferece serviços de massagem, fisioterapia, verificação de sinais vitais, como aferição de pressão arterial, curativos e outras orientações gerais que forem necessárias. O atendimento, realizado por profissionais voluntários, é direcionado aos devotos que chegam a pé ou de bicicleta ao Santuário.

Músicas – Um esquema especial também é preparado para as cerimônias no interior da Basílica. Durante as celebrações da novena e das missas, o Projeto de Educação Musical do Santuário de Aparecida (PEMSA) auxilia na oração dos fiéis com a execução de músicas sacras.

“A festa de Nossa Senhora Aparecida é o grande momento, é a apoteose de todo o nosso trabalho. É quando agradecemos pelo trabalho realizado graças a Nossa Senhora Aparecida e o apoio do Santuário”, esclarece o maestro do PEMSA, Altair Lobato.

Para acertar o tom, a Orquestra do PEMSA ensaia os cânticos do novenário e da missa solene todas as sextas-feiras desde o início mês de agosto. No repertório estão músicas conhecidas dos devotos de Nossa Senhora Aparecida, como o tradicional hino “Viva a Mãe de Deus e nossa” e “Dai-nos a bênção”, executado ao fim de todas as celebrações na Basílica. Também integram a seleção musical cânticos consagrados do cancioneiro litúrgico como “Panis Angelicus”, hino eucarístico escrito em latim por São Tomás de Aquino no século XIII.

Neste ano, a Orquestra também apresentará, após a Novena das 19h, de 03 a 11 de outubro, canções sacras e eruditas de alguns trechos de óperas famosas. O repertório de cada dia será composto de três a quatro canções com apresentações de música instrumental, solo, coro e dueto.

Estreia – Além da Orquestra oficial, a Orquestra mirim do PEMSA também se prepara para as comemorações. Pela primeira vez, eles vão executar as canções da Missa das Crianças, às 7h do dia 12 de outubro. Desde o início do mês de setembro, 267 músicos, entre instrumentistas e cantores, ensaiam três vezes por semana para a celebração. Até o dia da celebração serão 90 horas de ensaio.

Coreografias – Outra equipe que que se prepara há bastante tempo são os voluntários da Coreografia. Ao todo, 600 pessoas vão participar de momentos importantes dentro das celebrações, como a entrada da imagem de Nossa Senhora Aparecida e da Bíblia, da procissão dos alimentos e da oferta de flores. Eles atuam nas novenas da tarde e da noite e nas celebrações do dia 12 de outubro, representando os temas propostos para reflexão em cada dia da programação.

A preparação das coreografias se iniciou no dia 05 de agosto, contabilizando mais de 500 horas de ensaio até 1º de outubro. Neste ano, serão usados mais de 180 figurinos, sendo 99% deles reaproveitados de anos anteriores.

O reaproveitamento dos materiais vem ao encontro do tema deste ano “Com Maria: escolhidos e enviados em missão”. A temática se baseia no Sínodo dos Bispos para a Pan Amazônia, realizado de 06 a 27 de outubro no Vaticano. A reflexão também vai abordar o Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo Papa Francisco para outubro.