A terça-feira (24) foi de festa na Vila São Benedito, com o início oficial das atividades de regularização fundiária do bairro pela parceria entre a Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Habitação, e a Fundação Itesp – Instituto de Terras do Estado de São Paulo. A Vila São Benedito será o primeiro bairro a receber a ação resultante da parceria. Na sequência, será o Goiabal.

Os moradores do bairro foram convidados a participar de uma audiência pública, realizada no Centro Educacional Esportivo “Pai João”, para que o Itesp pudesse apresentar como serão as etapas da regularização fundiária no bairro.

Publicidade

“A Vila São Benedito é um dos bairros mais antigos da cidade, com mais de 50 anos de existência, e só agora a Prefeitura está tomando a iniciativa de regularização dos imóveis. É um trabalho difícil, que exige muito da equipe, mas que está sendo feito porque é necessário. Nós temos coragem e estamos realizando a regularização fundiária na cidade, pensando em todos os benefícios para a população, como segurança jurídica e valorização do imóvel”, destacou o secretário de Habitação da Prefeitura, Marcelo Martuscelli.

A regularização fundiária permite com que o morador regularize toda a situação de seu imóvel e se torne, de fato, proprietário. Na Vila São Benedito, além da abordagem nas casas, haverá uma central, instalada no prédio da Casa Verde.

Para o prefeito Dr. Isael Domingues, “é muito gratificante poder fazer parte da realização do sonho de tantas famílias que há gerações vivem em imóveis sem regularização, sem segurança jurídica. Ser o proprietário de seu imóvel dá dignidade à pessoa. Além da valorização do imóvel e da organização da cidade, dá a possibilidade de desenvolvimento da região regularizada. Não temos medo do desafio e estamos fazendo o que é certo, numa somatória de esforços para a regularização fundiária do município. Essa parceria com o Itesp já está gerando bons frutos, e este é só o início”, afirmou.

Lembrando que além do trabalho em parceria com o Itesp, a Prefeitura vem realizando a regularização fundiária em outras regiões da cidade, já tendo entregue títulos de propriedades para moradores do Nova Esperança, Castolira e Maricá, além dos locais que estão em processo ou estudo para regularização: Mossoró, Queiroz, Campinas, Campininha, Feital, Mandu, Paulino de Jesus e Karina.