Início São José dos Campos Pâmela Rosa conquista mundial de skate e mira Olimpíada

Pâmela Rosa conquista mundial de skate e mira Olimpíada

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

O final de semana não poderia ser melhor para o esporte joseense. A skatista Pâmela Rosa conquistou o título de campeã mundial na etapa final do Mundial de Skate Street, na tarde de domingo, em São Paulo. A atleta é apoiada pela Prefeitura de São José dos Campos por meio da LIF (Lei de Incentivo Fiscal).

Diante de um público de cerca de 7 mil pessoas, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, Pâmela confirmou a liderança do ranking mundial na categoria somando mais 80 mil pontos. A vice-campeã também foi uma brasileira, Rayssa Leal, de apenas 11 anos de idade. Ela também se manteve em segundo no ranking, somando 64 mil pontos.

Publicidade

A disputa entre as duas atletas foi bastante acirrada. Rayssa liderava até quase o final, quando Pâmela conseguiu uma nota excepcional e passou a liderar até chegar ao título.

O resultado é importante para definir a classificação às Olimpíadas de Tóquio em 2020. Como um dos critérios para a classificação é o ranking, a chance das duas brasileiras estarem na competição é muito grande. A terceira do ranking também é brasileira. Letícia Bufoni foi campeã mundial em 2015 e ficou com o vice nos três anos seguintes. Não competiu desta vez devido a uma lesão.

Precoce

Pâmela começou sua trajetória esportiva aos 8 anos de idade, quando tornou-se a mais nova campeã na modalidade street. Também é a atleta mais jovem a conquistar medalhas de ouro nos X Games, dos quais foi bicampeã. Com mais de 105 mil seguidores em sua página do Instagram, ela é um dos maiores ídolos dos esportes radicais no país atualmente.

Visitando estudantes da Emef Pinheirinho dos Palmares, na região sudeste, em dezembro de 2017, Pâmela respondeu às crianças sobre os seus planos para o futuro. “Agora, estou focada em conquistar uma vaga para a próxima Olimpíada”, revelou.

A atleta também disse que pretende cursar faculdade de educação física para que, no futuro, possa abrir uma academia com pista de skate em São José. “Quero muito poder dar oportunidades às outras pessoas, quero ter uma escolinha”, contou.