Início Aparecida “Projeto Lucas” leva ação social para comunidade de Aparecida neste sábado (14)

“Projeto Lucas” leva ação social para comunidade de Aparecida neste sábado (14)

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)
Publicidade

Um ônibus de atendimento móvel de saúde vai levar serviços gratuitos para a população de Aparecida no próximo sábado (14). As ações, voltadas para toda a comunidade, fazem parte do “Projeto Lucas”, da Igreja do Evangelho Quadrangular Itaguaçu (IEQ) ministério do Pr. Jeferson Faria e serão realizadas, na rua Itapetininga, no bairro Itaguaçu, próximo a padaria Veneza.

A unidade móvel estará estacionada no local a partir das 9 horas ficará até às 15 horas. Serão oferecidos atendimentos clínicos, dentistas, fisioterapeutas, massoterapeuta, psicólogo, nutricionista, além de serviços com enfermagem, como aferição de pressão.

Além dos atendimentos em saúde, o projeto conta com ações de cidadania com orientação jurídica, além de recreação para as crianças. Tudo gratuito.
Os profissionais que participam são membros da Igreja Quadrangular e se disponibilizaram voluntariamente para os atendimentos.

De acordo com o superintendente da IEQ na região do Vale do Paraíba, Pastor Lucas Antunes, a ação social é uma forma de levar o amor de Jesus Cristo, por meio de ações voluntárias. “Transmitir o amor pelo próximo e ajudar quem precisa são as nossas missões aqui na Terra”, ressaltou o pastor. Durante todo o dia, pastores também farão aconselhamento espiritual a quem desejar.

O ônibus missionário é equipado com dois consultórios, médico e odontológico e viaja pelo país levando os serviços para comunidades carentes.

O “Projeto Lucas” é um trabalho da Secretaria Geral de Missões (SGM), departamento de ações sociais da Igreja do Evangelho Quadrangular no Brasil. O trabalho é realizado em diversos estados e também no exterior e tem como objetivo promover ações na área da saúde. O projeto iniciou em 2011. E atualmente, com 18 unidades móveis espalhadas pelo Brasil, já atendeu mais de 177 mil pessoas. O nome do projeto leva o nome do personagem bíblico Lucas, que era médico.