Início Variedades ‘Giro Vecchio’ reúne bikes antigas em São Luiz do Paraitinga

‘Giro Vecchio’ reúne bikes antigas em São Luiz do Paraitinga

Paulo de Tarso Martins, presidente do Sampa (Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)
Publicidade

Evento, que acontece dia 25 de agosto, simula uma antiga competição com ciclistas a caráter

São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba, vai sediar no último domingo de agosto (dia 25), a 12ª edição do ‘Giro Vecchio’. Encontro reúne ciclistas a caráter, com roupas e bicicletas anteriores à década de 80, num passeio que simula uma antiga competição de ciclismo.

O evento, promovido pelo clube de ciclistas Sampa Bikers, tem como objetivo celebrar a história do ciclismo e, nesta edição de inverno, o Dia Nacional do Ciclista – comemorado em 19 de agosto. “O evento é uma oportunidade de reviver um pouco desse esporte, o ciclismo, que continua despertando paixões em todo o mundo”, afirma Paulo de Tarso Martins, presidente do Sampa Bikers.

Como de costume, o evento homenageia cliclistas brasileiros de destaque. Dessa vez, será a ciclista Dani Genovesi, que conquistou o bicampeonato na Race Across América, e também o renomado ciclista Nelson Consentino, que integrou a Seleção Brasileira, e os filhos Cláudio Ruiz, Nelson Ruiz e Vera Regina – todos ciclistas premiados.

Segundo Paulo de Tarso, a programação inclui prêmios aos participantes que se destacarem nos quesitos: melhor barba e bigode, bicicleta antiga, vestimentas de acompanhante e de ciclista. Além disso, haverá exposição de carros antigos promovida pelo Clube do Carro de Taubaté.

INSCRIÇÕES – A largada acontece às 10h, em frente à Igreja Matriz de São Luiz. Quem quiser participar do pelotão ‘Giro Vecchio’ e encarar 25 quilômetros de pedal pelas ruas da cidade, pode se inscrever (até o dia 22) pelo site www.girovecchio.com.br.

O valor da inscrição é R$ 150,00 e dá direito a um kit: vinho do evento, boné e bolsa vintage de ciclista e numeral de participação. É obrigatório que a bicicleta seja antiga (até o final da década de 80) e o ciclista tem que pedalar vestido a caráter.