Início Polícia Agentes penitenciários flagram visitantes com ilícitos em unidades prisionais do Vale

Agentes penitenciários flagram visitantes com ilícitos em unidades prisionais do Vale

(Foto: Divulgação/SAP)
Publicidade

No último fim de semana, dias 15 e 16 de junho, houve apreensão de entorpecente e de celular durante as visitas de familiares a presos em unidades prisionais da região do Vale do Paraíba e Litoral.

No sábado, dia 15, no Centro de Detenção Provisória (CDP) de São José dos Campos, uma mulher de 21 anos foi flagrada tentando entrar na unidade com ilícitos escondidos dentro dos próprios pertences. A tentativa foi identificada enquanto uma agente fazia a revista manual e descobriu um aparelho celular, dois chips e um cartão de memória na bolsa da jovem.

(Foto: Divulgação/SAP)

No domingo, dia 16, no CDP de Taubaté, uma mulher de 43 anos teve a entrada barrada por ocultar dentro do corpo um invólucro que continha 185 gramas de maconha. Ao passar pelo escâner corporal, foi identificado um volume anormal na região pélvica da mulher. Quando questionada, ela admitiu estar com droga na vagina e retirou o pacote em lugar reservado.

Também no domingo, no CDP de Caraguatatuba, outra esposa de detento, uma mulher de 29 anos, foi surpreendida ao passar pelo equipamento de escâner corporal, cuja imagem apresentou um objeto em forma ovalar próximo às nádegas. Após conversa com a agente penitenciária, a mulher assumiu a infração e tirou das partes íntimas, em sala reservada, um invólucro que continha 12 gramas de maconha.

As três mulheres tiveram os nomes suspensos da lista de visitas da SAP e foram encaminhadas à Delegacia de Polícia. Cada diretoria de unidade prisional tomou as medidas cabíveis, como comunicar as ocorrências à Vara de Execuções Criminais e abrir Procedimento Disciplinar Apuratório e, assim, averiguar a possível conivência dos detentos.