Início Destaque Mais de 950 presos do Vale estão inscritos para o Enem PPL...

Mais de 950 presos do Vale estão inscritos para o Enem PPL 2018

Grupo de estudos dentro de unidade prisional (Foto: Divulgação/SAP)
Publicidade

Nos dias 11 e 12 de dezembro, o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) será aplicado a 13.870 reeducandos no estado de São Paulo, um aumento de mais de 26% em relação ao ano passado. Em um recorte regional, 956 detentos farão a prova em 10 unidades prisionais que ficam nas cidades de Caraguatatuba, Potim, São José dos Campos, Taubaté e Tremembé.

O Enem PPL é realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e é exigido o mesmo conteúdo do exame feito para as pessoas que estão em liberdade. A diferença é o local da aplicação da prova, que neste caso é realizada nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional de cada unidade federativa do Brasil.

As provas serão realizadas no período da tarde, a partir das 13h30, sendo que no primeiro dia os estudantes entram mais cedo para preencher um questionário socioeconômico. No dia 11, serão aplicadas as provas de Linguagens e Códigos, de Ciências Humanas e de Redação. Na segunda etapa, dia 12, os presos respondem às questões de Ciências da Natureza e de Matemática. Os reeducandos têm cinco horas e trinta minutos para concluir o exame, o tempo é contato a partir da autorização do aplicador responsável.

Para a preparação deste ano, a maioria dos presídios participantes têm grupos de estudo coordenados por monitores da Fundação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” (Funap) e por professores das escolas vinculadas – desde 2013 o ensino nos estabelecimentos penais é oferecido por docentes da rede pública, por meio da parceria entre a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) e a Secretaria de Estado da Educação. Atualmente, mais de 33 mil presos estudam no ensino formal e não formal (cursos profissionalizantes, extracurriculares, atividades complementares) em todo o estado.