Início Pindamonhangaba Novembro Azul: Prefeitura de Pinda realiza atividades para prevenção de câncer de...

Novembro Azul: Prefeitura de Pinda realiza atividades para prevenção de câncer de próstata

Publicidade

Em novembro, a Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Saúde, realiza ações de prevenção para levar mais informações sobre o câncer de próstata aos homens da cidade. As ações acontecerão em diversos pontos do município.

De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de próstata é o tipo de câncer mais frequente em homens brasileiros, depois do câncer de pele. Embora seja uma doença comum, por medo ou desconhecimento, muitos homens preferem não conversar sobre esse assunto. É pensando neste ponto, que a Secretaria de Saúde levou ações de prevenção, na terça-feira (20), para a sede da Guarda Municipal; na quarta-feira (21), para a Fatec de Pindamonhangaba; na quinta-feira (22), no Recinto São Vito em Moreira César, que terá também palestra motivacional com Fábio Frasson e, na sexta-feira (23), no Departamento de Serviços Municipais. Já no sábado (24), a ação estará na praça Monsenhor Marcondes com aferição de pressão arterial, glicemia capilar, orientação nutricional e cálculos de IMC (Índice de Massa Corpórea), orientação e prevenção ao câncer de próstata e doenças sexualmente transmissíveis.

O câncer de próstata é um tumor que acomete homens, principalmente os que têm mais de 45 anos. Quando diagnosticado ainda na fase inicial, pode ser curado. Já em casos de estágio avançado, a possibilidade de que o paciente sobreviva é pequena. Por isso, o diagnóstico precoce é muito importante para o controle e cura da doença.

Segundo a Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba, na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são: dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar frequentemente e sangue na urina ou no sêmen. Há também os fatores de risco que aumentam as possibilidades de ter câncer de próstata, que são: histórico familiar, etnia (homens negros possuem maior incidência nesta doença) e obesidade.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, um em cada seis homens terá câncer de próstata ao longo da vida, e um em cada 36 homens morrerá em decorrência desta doença. Haverá também ações nas unidades de saúde dos bairros que também realizarão orientações de prevenção ao câncer, e mais informações podem ser obtidas nelas, durante todo o mês.