Início São José dos Campos Músico Passarinho lança primeiro EP da banda em São José dos Campos

Músico Passarinho lança primeiro EP da banda em São José dos Campos

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Nascido e criado em Recife, o músico Passarinho reúne o grupo composto por Gabriel Salve, Lucas Barbosa, Ricardo Garrofallo e Saulo de Pádua para formar a banda Passarinho e o Sistema Brega de Som. De sua influência natal, o brega e o tecnobrega se unem ao primeiro rock da década de sessenta e ao sistema de som, a música jamaicana, com dub e reggae em “Sozinho no Alto”, seu primeiro EP.

Na raiz de Passarinho e o Sistema Brega de Som está a malemolência do brega, seu jeito de falar de amor de forma descontraída, acrescentado pelos efeitos na voz e as bases de seus instrumentos, criando um novo som dinâmico e dançante. Nas letras, a ludicidade do voar, da vida e do amor. No som, do maracatu rural ao caboclinho, do samba de roda ao pagode, do forró ao brega e do reggae ao rock, as influências dentro deste ninho de som se misturam e se transformam.

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Lançado pelo selo Bigorna Discos, de São José dos Campos, o primeiro EP da banda contém cinco músicas mais um dub da canção “Segredo”. Captado no Estúdio Ninho, por Lucas Barbosa e Gabriel Barbosa, do Coletivo Peculiar, a mixagem é de Diego Xavier, do Estúdio Wasabi, e a masterização é de Cassio Zamboto. Intitulado “Sozinho no alto”, seu single de estreia, Passarinho e o Sistema Brega de Som prepara seu clipe de lançamento para o início de agosto.

EP “Sozinho no Alto”:

Magia
Rua da Alegria
Segredos
Copo Sujo
Sozinho no Alto
Segredos Dub

Músicos da banda:

Gabriel Salve – Voz e guitarra.
Passarinho – Bateria e voz
Lucas Barbosa – Voz e teclado
Ricardo Garrofallo – Baixo
Saulo de Pádua – Percussão

SOBRE PASSARINHO:

Integrante das bandas Dom Pescoço e Coletivo Estoril, o músico e compositor Passarinho nasceu em Recife, onde iniciou sua carreira. Baterista desde os 14 anos, já participou de grupos de maracatu, tocou com bandas conhecidas da cena pernambucana e brasileira, e trilhou vasta caminhada na cena independente. Em São José dos Campos, começou a tocar no Coletivo Estoril no ano de 2012. Com um núcleo que se reunia na zona rural da cidade, foi formada a banda Dom Pescoço, que busca misturar o rock com ritmos brasileiros e latinos, na qual é baterista e vocal. Buscando a autonomia de criação, o músico criou a banda “Passarinho e o Sistema Brega de Som”, que lança agora seu primeiro EP intitulado “Sozinho no Alto”.

REDES SOCIAIS:

Instagram
Facebook
YouTube
Deezer