Início Variedades Dois livros-aplicativos brasileiros concorrem em prêmio mundial

Dois livros-aplicativos brasileiros concorrem em prêmio mundial

Publicidade

Dois livros-aplicativos brasileiros estão concorrendo no prêmio Opening up Digital Fiction, as obras “O Rei do Rio de Ouro” e “Ostras” são finalistas do prêmio de literatura. A votação para escolher a melhor obra é aberta ao público, até o dia 30 de julho, e pode ser acessada no link: https://bit.ly/2Lb03IZ

Além de votar nessas incríveis obras brasileiras, você também pode baixar, gratuitamente, os aplicativos nos aparelhos Android e iOS e ler essas surpreendentes histórias, acessando a página: http://www.bioapp-novozymes.com.br/

Sobre os livros-aplicativos:

O Rei do Rio de Ouro: O texto, um clássico do escritor e poeta britânico, John Ruskin, apresentado como um conto de fadas, conta a história de um velho que visita a casa de três irmãos durante uma tempestade. O irmão bom acolhe o velhinho, mas os outros dois o maltratam e o expulsam. O que eles não sabiam era que se tratava do “Senhor Vento Sudoeste”, que trazia as chuvas para aquele vale fértil. Ao ser maltratado, ele provocou uma grande seca na região. Essa história tem uma relação direta com o sexto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que aborda o tema da água limpa e saneamento. A proposta do app book é provocar a reflexão sobre como as nossas ações impactam em nossa própria sobrevivência.

Ostras: o conto escolhido é de 1884 e aborda um assunto delicado e que ainda é muito presente nos dias de hoje: a fome. As figuras principais do livro são pai e filho que, ironicamente, sofrem de uma doença chamada Fames. Ambos estão há dias sem comer nada e imploram por esmola. No momento que o menino avista um restaurante servindo ostra e ele idealiza, em sonho, o sabor do alimento. Porém, ao acordar é tomado novamente pelo gosto ruim na boca ocasionado pela fome. Toda a trama consegue levar a uma reflexão sobre o ODS 2, que fala sobre Erradicação da Fome e Agricultura Sustentável. Ao fim da obra os materiais complementares instigam a reflexão sobre o papel da biologia no cumprimento do ODS 2.

Coleção premiada

O outro livro aplicativo da Coleção Novozymes Nova Perspectiva, o “Frritt-Flacc”, de Jules Verne, criado em parceria com o SESI-Pr e com a Startup paulista StoryMax, foi a obra brasileira vencedora na edição 2017 do prêmio da Opening Up Digital, na categoria escolha popular.

O app book também já foi premiado entre os 10 melhores livros de 2016 com o Selo Distinção Cátedra Unesco de Leitura. O Frritt-Flacc tem como objetivo mostrar como a Biologia pode solucionar os grandes desafios da humanidade. É um conto de suspense que propõe uma reflexão sobre a diferença social e a pobreza, ao apresentar o mesquinho Dr. Trifulgas, um médico que só presta atendimento a ricos, e mostrar o que o destino lhe reserva.