Início Pindamonhangaba Pindamonhangaba tem queda nos casos de dengue

Pindamonhangaba tem queda nos casos de dengue

COMPARTILHAR
Controle de Vetores durante visita a uma residência

A Prefeitura de Pindamonhangaba tem se mobilizado fortemente no combate à dengue. A cidade tem alcançado excelentes resultados já que, atualmente, apresenta apenas 30 casos, quando no mesmo período do ano passado apresentava 405 casos.

Em reconhecimento ao trabalho realizado referente à prevenção do mosquito Aedes Aegypti, o presidente da Câmara vereador Carlos Moura Magrão fez a moção nº 39/2017, de “cumprimentos e congratulação aos agentes da equipe de Vetores, pelo excelente trabalho que vêm realizando no município de Pindamonhangaba, por meio das ações de vigilância e visitações em residências, a fim de controlar os criadouros do mosquito Aedes aegypty, o que vem contribuindo para zerar o número de óbitos por dengue no município”.

“A cidade tem conquistado um baixo índice de casos, mas o alerta continua. Continuamos trabalhando para que esses números continuem caindo”, comentou o diretor do Departamento de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, da Prefeitura, Rafael Lamana.

O trabalho é realizado o ano todo, com visitação casa a casa, atendimento de denúncias e orientações aos munícipes. ”Temos um bom alinhamento com as unidades de saúde e laboratórios municipais que nos informam os resultados dos exames, assim nós vamos até o local da residência e fazemos o trabalho de avaliação e orientação”, explicou Ricardo Manso, coordenador das ações de Combate às Arboviroses.

A equipe de controle de vetores é responsável pela execução do Plano Nacional de Combate à Dengue. Desde o último sábado (21) foi iniciado o trabalho de mutirão em parceria com os agentes comunitários da saúde, dentro da campanha “Todos juntos contra a dengue”, que será realizado dois sábados por mês. Um está sendo realizado hoje, dia 28 de outubro e nos dias 18 e 25 de novembro.

Controle de Vetores durante visita a uma residência no Parque das Nações

Faz parte desse plano a intensificação das visitas realizadas em todas as residências da cidade, sendo feitas pelo menos três vezes ao ano, levando orientação e procurando compreender  por que moradores não estariam seguindo as regras: se por falta de instrução ou de interesse, e de que maneira isso pode ser mudado.

Os agentes realizam também visitas quinzenais em pontos estratégicos em locais como: borracharias, cemitérios, ferro velho, pátios de carros, entre outros; Visitas mensais em imóveis com grande circulação de pessoas para que não haja em hipótese alguma a formação de criadouros; Além de avaliações sobre possíveis infestações e atendimento a reclamações, podendo ser necessário o bloqueio caso o local seja um criadouro de Dengue, Zika Vírus, Chikungunya e Febre Amarela, fazendo a aplicação de inseticida.

Dicas de prevenção:

·         Não deixe a água da chuva acumular em locais como pneus, garrafas ou qualquer objeto que possa ser um reservatório.

·         Coloque areia nos vasos das plantas para que o acumulo da água não se torne um deposito de ovos.

·         Lave os vasos das plantas aquáticas com água e sabão utilizando uma escovinha, semanalmente.

·         Entregue o pneu ao serviço de limpeza ou guarde em locais cobertos.

·         Mantenha a caixa d’água fechada e limpe frequentemente.

·         Verifique semanalmente as calhas, canos e ralos para que não tenha acúmulo de galhos e folhas, impedindo que a água escoe.

·         Coloque seu lixo em sacos plásticos, mantenha a lixeira fechada e não jogue lixo em terrenos baldios.

·         Cuide da piscina cobrindo com lona e utilizando cloro.